Projetos

Conheça nossos projetos



POR QUE TRABALHAMOS COM PROJETOS

“Ensinar não é transferir conhecimentos, conteúdos nem formar a ação pela qual um sujeito criador dá forma, estilo ou alma à um corpo indeciso e acomodado. Não há docência sem discência, as duas se explicam e seus sujeitos, apesar das diferenças que os conotam, não se reduzem à condição de objeto, um do outro”. (Paulo Freire)

O trabalho com Projetos não se estabelece na prática de um dia para o outro, como se fosse possível dizer “amanhã começo a trabalhar Projetos”; se estabelece com persistência, paciência, trabalho diário e fundamentação em relação aos motivos pelos quais um grupo opta por este tipo de trabalho. Ele tem fundamento nas ideias relacionadas com uma concepção de conhecimento integradora, com o trabalho interdisciplinar. Contextualizado, com a perspectiva de compreender um determinado fenômeno ou situação de maneira complexa, investigativa, é a partir da problematização de um tema que se dá a relevância e a possibilidade de participação do aluno no processo ensino aprendizagem.

A concepção de conhecimento que está presente no trabalho com Projetos está fundamentada na crença de que os conteúdos ensinados/aprendidos na escola precisam ser tratados pelos professores e entendido pelos alunos, como uma rede de relações. Nesta rede, esses conteúdos, princípios, fatos, procedimentos, atitudes, estão inter-relacionados e não são como pontos isolados que são ensinados/aprendidos de forma fragmentada, cabendo ao aluno, numa tarefa solitária e muitas vezes sem êxito, estabelecer as conexões, os significados, para que possa compreender o mundo e a si mesmo.

EDUCAÇÃO INFANTIL

Projetos de Classe

Em nossa escola um dos eixos principais de trabalho são os Projetos de Classe, entendidos não como um método de ensino em si, mas sim como estratégias para dar sentido ao conhecimento, para estabelecer relações entre os fenômenos naturais, sociais, pessoais, para pesquisar problemas que vão além da compartimentalização disciplinar.

Projeto Horta

Um dos Projetos coletivos que a Escola desenvolve é o da HORTA ESCOLAR. Este Projeto permite que os alunos conquistem seu espaço, participando e acompanhando os ciclos, processos e dinâmicas naturais. Estimula a consciência para a preservação ambiental, oferece oportunidade para a compreensão da inter-relação e interdependência dos organismos. Por meio da Horta Escolar desenvolvem-se conhecimentos e habilidades que estimulam os alunos a produzir, descobrir, selecionar e consumir alimentos saudáveis. O presente projeto permite assim o trabalho integrado com diferentes áreas do conhecimento, saberes e atitudes.

Cada turma fica responsável por um canteiro a ser cuidado durante o ano. O plantio é diferenciado conforme a demanda das turmas.

Semanalmente, as turmas realizam atividades no espaço da Horta Escolar, para regar e cuidar das hortaliças e legumes.

projeto horta

ENSINO FUNDAMENTAL I

Projetos de Classe

Em nossa escola um dos eixos principais de trabalho são os Projetos de Classe, entendidos não como um método de ensino em si, mas sim como estratégias para dar sentido ao conhecimento, para estabelecer relações entre os fenômenos naturais, sociais, pessoais, para pesquisar problemas que vão além da compartimentalização disciplinar.

Projeto Horta

Um dos Projetos coletivos que a Escola desenvolve é o da HORTA ESCOLAR. Este Projeto permite que os alunos conquistem seu espaço, participando e acompanhando os ciclos, processos e dinâmicas naturais. Estimula a consciência para a preservação ambiental, oferece oportunidade para a compreensão da inter-relação e interdependência dos organismos. Por meio da Horta Escolar desenvolvem-se conhecimentos e habilidades que estimulam os alunos a produzir, descobrir, selecionar e consumir alimentos saudáveis. O presente projeto permite assim o trabalho integrado com diferentes áreas do conhecimento, saberes e atitudes.

Cada turma fica responsável por um canteiro a ser cuidado durante o ano. O plantio é diferenciado conforme a demanda das turmas.

Semanalmente, as turmas realizam atividades no espaço da Horta Escolar, para regar e cuidar das hortaliças e legumes.

ENSINO FUNDAMENTAL II

Em breve

ENSINO MÉDIO

“Compreender, inteligir o mundo e intervir técnica, ética, estética, científica e politicamente”
– Paulo Freire

PROJETOS CURRICULARES

O conhecimento é sempre dinâmico, quando estático, perde a razão de ser. Desse modo, acreditamos que sua construção, para que seja sólida, deve partir da interação do indivíduo com a realidade que o cerca. O conhecimento não possui um sentido em si mesmo. Nós é que damos sentido às coisas. Portanto, é fundamental uma postura ativa e questionadora diante do conhecimento para que o sentido seja verdadeiramente construído.

Num mundo em que há uma enxurrada de informação, não basta somente reproduzirmos conhecimento, mas produzi-lo, pois o conhecimento é que gera a informação. Além disso, precisamos desenvolver habilidades para aprendermos a lidar, conscientemente, com tanta informação.

Tendo tudo isso em vista, o que propomos aqui é a criação de um espaço específico para o fomento de uma prática de estudos fundamentada numa metodologia de cunho investigativo, que pretende colocar o aluno mais próximo possível de situações reais de construção de novos saberes e intervenção em sua realidade social.

PROJETO DE PESQUISA 

‘Da observação do cotidiano à produção de conhecimento acadêmico’

O Projeto de Pesquisa acontece uma vez por semana no período da manhã e tem a duração de 1h40. Os alunos não são divididos por séries, mas, por áreas de conhecimento:

ESTUDOS DO HOMEM E DO MEIO  /  COMUNICAÇÃO E LINGUAGENS  / CIÊNCIA E TECNOLOGIAS

Eles têm de escolher, obrigatoriamente, uma delas de acordo com suas aptidões e interesses, para assim desenvolverem pesquisas em grupo ou individualmente, orientadas pelos professores responsáveis pelas respectivas áreas.

A partir de questões problematizadoras, deverão desenvolver suas pesquisas visando à apresentação dos resultados para uma banca examinadora e à redação de um TCC (de acordo com as normas da ABNT).

PROJETO OFICINAS

Do conhecimento acadêmico ao conhecimento aplicado

O Projeto consiste em 4 Oficinas:

  1. OFICINA DE ENGENHARIAS
  2. OFICINA DE MÍDIAS
  3. OFICINA DE TEATRO
  4. OFICINA DE VESTIBULAR

As oficinas de Teatro, Mídias e Engenharias acontecerão no período da tarde (13h10 às 14h50) simultaneamente uma vez por semana. Elas não são seriadas e os alunos têm de, obrigatoriamente, escolher uma delas.

A Oficina de Vestibular acontecerá no período da tarde (13h10 às 14h50) uma vez por semana. Não é obrigatória. Os que tiverem interesse em participar deverão cumpri-la por pelo menos um trimestre inteiro.

Os alunos terão de desenvolver projetos que serão avaliados de acordo com a particularidade de cada Oficina.

PROJETO TUTORIA

Observando a necessidade de um acompanhamento mais próximo e eficaz do desenvolvimento acadêmico de nossos alunos, no sentido de sanarmos prematuramente eventuais entraves que impossibilitem o processo de construção do conhecimento, buscamos no presente projeto uma nova perspectiva de diálogo, em que o próprio aluno, inserido em seu grupo, possui um novo canal para discutir suas dificuldades.

Entendemos que o adolescente necessita aprender técnicas e métodos de organização de seus estudos, uma vez que grande parte das dificuldades que detectamos em nossos alunos do Ensino Médio nos últimos anos é oriunda da falta de estudos, o que resulta em inevitável falta de intimidade com o conhecimento e seu processo de construção.

PROJETO CLUBES DE QUARTA

“A leitura do mundo precede a leitura da palavra, daí que a posterior leitura desta não possa prescindir da continuidade da leitura daquele.” (Paulo Freire)

Nessa faixa etária é importante oferecer uma diversidade cultural aos alunos além de possibilitar a integração entre alunos, professores e o conhecimento de forma dinâmica e criativa. Essa integração favorece a riqueza da troca de interesses variados, incitando novos olhares sobre temas diversos. Faz-se imprescindível, em uma pedagogia que visa à sensibilização do jovem como ser inserido numa sociedade complexa, o exercício de alteridade e contato com a diversidade de situações e culturas.

Pensando nisso, criamos encontros semanais (toda quarta-feira), opcionais na grade, por meio de clubes que se organizam da seguinte forma:

– 1ª quarta-feira: Clube de Música e Poesia;
– 2ª quarta-feira: Clube de Cinema;
– 3ª quarta-feira: Clube de Danças Circulares Sagradas;
– 4ª quarta-feira: Clube de Qualquer Coisa (serão realizadas atividades variadas que envolvam processo e criação, mas que os alunos participantes saberão somente no dia do clube).