O Que É Uma Cooperativa?

A Cooperativa Educacional de Jundiaí  é uma cooperativa educacional sem fins lucrativos responsável pela manutenção do Colégio Paulo Freire.

 Muitas vezes a palavra Mantenedora é utilizada para se referir a Cooperativa devido à função da mesma.

Para matricular um dependente no Colégio Paulo Freire é necessário,  tornar-se cooperado na Cooperativa Educacional de Jundiaí.

Como tornar-se cooperado na Cooperativa Educacional de Jundiaí?

– desejar utilizar os serviços da Cooperativa;
– aderir aos propósitos sociais da sociedade;
– conhecer e respeitar o Estatuto da Cooperativa
– adquirir 1 cota que, atualmente, vale um real.

Uma vez cooperado, o responsável tem o direito de usufruir dos serviços prestados pela cooperativa, ou seja, matricular um dependente no Colégio Paulo Freire.

Alguns itens importantes:

– todas as despesas de funcionamento do Colégio Paulo Freire são divididas entre os cooperados em forma de rateio;
– a gestão da Cooperativa Educacional de Jundiaí é democrática e a Assembleia, órgão supremo da Cooperativa, tem poderes para tomar qualquer decisão de interesse da sociedade;
– cada cooperado tem direito a 1 voto na Assembleia independente do número de cotas que possui;
– todo cooperado pode se candidatar para o Conselhos de Administração e Fiscal da cooperativa

O Estatuto Social de uma cooperativa é o documento supremo da instituição. Nele estão definidos os objetivos sociais da sociedade, os critérios de admissão, permanência e eliminação dos cooperados, bem como as regras de funcionamento.

O Estatuto só pode ser modificado pela Assembleia Geral que deve fazê-lo sempre com o intuito de preservar e fortalecer as intenções iniciais da instituição.

A forma de gestão do sociedade é também definida no Estatuto. Lá estão definidos os Conselhos que administram e fiscalizam a Cooperativa.

O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO (CA)

O CA é composto por nove cooperados, eleitos em Assembleia Geral para um mandato de três anos. A cada ano, um terço do CA pode ser  renovado através de novas eleições. Compete ao CA, dentro dos limites da lei e do Estatuto Social administrar a cooperativa e garantir que ela cumpra seus objetivos sociais, assim é função do CA interagir e interferir quando necessário no funcionamento do Colégio Paulo Freire de forma a garantir seu bom funcionamento.

Os membros do CA elegem anualmente entre si os componentes da Diretoria Executiva: presidente, diretor-financeiro, diretor secretário, conselheiros vogal e conselheiros suplentes

O Estatuto da Cooperativa define a função de cada membro da Diretoria Executiva bem como determina que o Conselho de Administração deve se reunir ordinariamente uma vez por mês. As reuniões do Conselho de Administração são registradas em atas que são disponibilizadas aos cooperados mediante solicitação circunstanciada.

O CONSELHO FISCAL (CF)

O CF é um orgão independente do CA, composto por três cooperados eleitos anualmente pela Assembleia Geral. A função do CF está definida no Estatuto Social. Em suma, cabe ao CF fiscalizar as ações e funcionamento do CA bem como receber as reclamações do cooperados e encaminhar aos orgãos responsáveis pela solução do problema. O CF em a responsabilidade de emitir um parecer circunstanciado da prestação de conta anual da cooperativa elaborado pelo CA.

A existência de um Conselho Fiscal é obrigatória para uma sociedade cooperativa. A Lei das Cooperativa criou e investiu o CF com os poderes necessários para garantir a validade dos princípios cooperativistas, sobretudo a gestão democrática, transparente e igualdade entre associados. 

CONSELHO PEDAGÓGICO (CPA)

O Conselho Pedagógico é um órgão consultivo e deliberativo da Escola em assuntos, como o nome diz, pedagógicos. É composto por : representantes de professores, pais, equipe gestora e o presidente do Conselho Administrativo.